Monthly Archives: outubro 2014

testemunho

Testemunho de Gabriel Cantarino

Um dia estava andando na rua e encontrei o Sr Laércio que, devido a uma doença degenerativa que estava corroendo sua pele, músculos e nervos, estava mancando com muita dor nos pés.

Assim que o vi, perguntei se podia fazer uma oração por aquela situação e ele concordou. Orei por ele declarando cura e que toda célula cancerígena fosse embora. Ao final da oração ele simplesmente largou a muleta e começou a andar e pular, dizendo que havia sido curado!

Após a oração, expliquei o plano da salvação e ele entregou sua vida a Jesus! Foi incrível quando oramos para que ele recebesse mais do Espírito Santo, ele me disse que sentia como que algo caísse sobre os ombros dele e descesse até o peito.

Graças ao amor de Jesus ele nunca mais será o mesmo!


Mensagem da semana

Irrepreensíveis

“E na sua boca não se achou engano; porque são
irrepreensíveis diante do trono de Deus.”
– Apocalipse 14:5

O que sai da sua boca edifica? “Nem sempre.”, todos responderiam. Certo, mas não é o ideal. O ideal de Deus para nós é ter nas nossas bocas palavras que edificam, que consolam e que trazem ânimo e esperança; primeiro para nós mesmos e depois para outros que nos rodeiam.

Expressamos aquilo que pensamos e sentimos. A onte de palavras é que é a questão. Podemos praticar a falar aquilo que não pensamosou sentimos, mas isso se chama falsidade.

A verdade é o próprio Jesus Cristo. Deus é a verdade e o amor em Sua essência. Se estamos enraizados no nosso Deus, pensamos e sentimos como a nossa raiz. Aquele que nos fez imprimiu em nós as Suas impressões digitais. Veio a mentira e o engano e imprimiram outras coisas. Você sabe disso. Viver na mentira ou no engano não é nada inteligente, muito menos sábio.

Estar em Cristo é maravilhoso. Ele nos dá vida no espírito, enquanto a vida desde o ventre de nossas mães nos deu vida no corpo e na alma. A vida no espírito traz entendimento e abre os nossos olhos espirituais. Passamos a nos ver com os olhos de Deus, nosso Criador. Passamos a sentir e a pensar como Ele.

Quanto mais vivemos com Ele, mais a nossa linguagem muda. Não mais pessimismo ou negativismo; não mais frustração e derrota.
Quem é negativo atrai coisas ruins. Quem é pessimista só enxerga calamidades, mas aquele que está enraizado em Deus, enxerga mais do que esses fatos corruptos de nossa terra. Passa a ver tudo de cima para baixo, isto é, dos lugares celestiais onde se assenta, de onde se nutre, de onde é tão amado, no convívio de Deus, o Pai, o Filho e o Espírito Santo, junto com os anjos.

A nossa boca fala aquilo de que está cheio o coração. Enchamos o nosso coração com as palavras poderosas e transformadoras que
saem da boca de Deus.

São palavras criativas e transformadoras de esperança e amor.

Creio que as pessoas do mundo estão cansadas de ouvir palavras de promessas que não trazem esperança, palavras sem a concretização, palavras de ameaças de castigos e punições, de que sofrem porque não são “crentes”, porque não aceitaram Jesus, etc. As pessoas precisam ouvir e experimentar o amor genuíno de Deus e experienciar o verdadeiro abraço de seu Criador, ouvindo palavras cheias de esperança. Elas têm que saber que o plano original de Deus para elas é perfeito e que estar junto d’Ele é estar longe de condenação e culpa.

Ser irrepreensíveis diante de Deus – é falar aquilo que está no coração do Pai. E diante do trono de Deus nós O honramos porque ele é o único Rei e Autoridade que nos ama incondicionalmente. Tragamos mais pessoas para junto d’Ele.

– Dra. Sarah Hayashi


testemunho

Testemunho de Erica Domingos

Passei um período de muita rebeldia com Deus, pois meus maiores sonhos e planos tinham sido frustrados. Trabalho, amigos, igreja e até mesmo meu casamento, nada estava dando certo. Foi um tempo de muito sofrimento e desespero. A vida não fazia mais sentido e meu relacionamento com Deus estava no fim.

Até que um dia fui convidada por minha irmã a conhecer a Igreja Monte Sião, me apaixonei! Desde então pude conhecer a Deus, meu Pai e meu Parceiro, como nunca antes (apesar de ser cristã desde criança)!

Estando aqui pude conhecer quão carinhoso e gentil Deus é, pude conhecer pessoas incríveis (RD – Juçara e Jaime), fui liberta do meu vicio por remédio controlado (antidepressivos), tive meu casamento restaurado, estou tendo meu caráter transformado, coisas que nunca pensei que seria capaz de ter, ser ou fazer! Não tenho palavras para agradecer a Deus por Sua compaixão, por ter transformado meu pranto em alegria!

E quero dizer para você que esta passando por alguma dificuldade: Deus tem o controle de tudo!! E vai fazer muito melhor do que pensamos!!! Confie sempre nEle!


Mensagem da semana

Clamar ou Lançar a Ansiedade

 

“Lançando sobre Ele toda a vossa ansiedade, porque Ele tem cuidado de vós.” … “E o Deus de toda graça, que em Cristo Jesus vos chamou à sua eterna glória, depois de haverdes padecido um pouco, Ele mesmo vos aperfeiçoará, confirmará, fortificará e fortalecerá.”2 Pedro 5:7 e 10

 

O que devo então fazer: clamar ou lançar sobre Ele toda a minha necessidade? – talvez você perguntaria em horas de apuro ou desespero. O caso é que em geral não distinguimos, na nossa miopia espiritual, a diferença entre a necessidade e o desejo.

 

Trocamos as nossas petições com os clamores e nos afligimos como filhos desesperados ou ansiosos de um pai que não consegue suprir as nossas necessidades. Deus  é mais que pai. Ele sabe muito bem o que faz e o que fazemos.

 

Deus Pai, em toda a Sua bondade, já nos deu o Seu Filho unigênito para tomar o nosso lugar de castigo e tirou de sobre nós a condenação. Ele prometeu que jamais nos abandonaria.

 

Ele prometeu também: “Aquele que nem mesmo a seu próprio Filho poupou, antes o entregou por todos nós, como nos não dará também com ele todas as coisas?” ( Romanos 8:32)

 

As nossas necessidades já Lhe são conhecidas e Ele prometeu supri-las. Só que o tempo e a maneira de Deus são bem diferentes: “Porque os meus pensamentos não são os vossos pensamentos, nem os vossos caminhos os meus caminhos, diz o Senhor” (Isaías 55:8) e, erroneamente, esperamos Deus responder os nossos pedidos da maneira que nós pensamos ou imaginamos.

 

Já que Ele sabe de tudo e tem a melhor maneira de suprir as nossas necessidades, o Espírito Santo nos lembra outra Palavra: “Em tudo dai graças.”(1 Tes 5:18) e a nossa parte é apenas agradecer e atentamente verificar quando e como vêm as nossas bênçãos como suprimento de necessidades. A nossa fé na Sua fidelidade afasta de nós todo impedimento.

 

Mas então quando clamar? – talvez você perguntasse. Há situações em que Ele espera que clamemos. Clamor não pelo nosso sustento, mas pelos nossos sonhos ou desejos.

 

Nossos sonhos e desejos caracterizam a nossa personalidade e o nosso destino. Para tal cumprimento, somos nós que devemos nos alinhar com o prumo de Deus e Ele nos ajuda nos ajustes e nos leva para o avanço. Foi Ele que nos criou e Ele sabe qual é o nosso destino.  Agora depende de nossa escolha e decisão. Deus respeita o nosso livre arbítrio.

 

Deus espera que clamemos por coisas grandes e poderosas que estão ao nosso dispor nos depósitos das regiões celestes. A nossa parte é a liberdade de sermos o que somos. Deus tem prazer na nossa autenticidade. Ninguém tem desejos e sonhos que nós temos e Deus nos valoriza e tem prazer em interagir conosco.

 

– Dra. Sarah Hayashi


testemunho

Testemunho de Wagner Moraes

Estou formado já fazem dois anos como Advogado e prestei o exame da OAB duas vezes neste período, mas não consegui atingir a pontuação para passar pela primeira fase, porém sempre cri que Deus estava operando nestas derrotas.

Assim que nossa igreja entrou na época dos 40 dias em Sião e meu propósito era ouvir o  que Deus tinha para esta situação e focar nos estudos para encarar mais uma vez o exame.  Um dia, na sala de oração, recebi uma visão mostrando um terreno com obras em construção, mas não conseguia ver nada, só as estacas, como se fossem alicerces, então o Espírito Santo me revelou que mesmo parecendo que nada estava acontecendo na minha vida, Deus estava construindo fundações seguras ,e eu iria ver a obra concluída. Crendo nesta palavra, Deus reformulou minhas estratégias de estudo e entrei num período intenso de dedicação e oração. Fui então realizar mais uma vez a prova da OAB, passei na primeira e segunda fase, com uma diferença de meio ponto para “gabaritar” a prova. Hoje posso advogar e cumprir o que Deus tem para a minha vida na área profissional.

Lembre-se que Deus também trabalha nas derrotas, Ele nos aprimora e nos leva para lugares mais altos. Confie sempre nas verdades que Ele tem para você!


Mensagem da semana

Frutos da Justiça

 

“para que sejais sinceros e sem escândalo algum até o Dia de Cristo, cheios de frutos de justiça, que são por Jesus Cristo, para glória e louvor de Deus.”
Filipenses 1:10,11

 

O conceito de justiça é vasto e relativo no meio das pessoas, pois cada indivíduo tem a sua escala de valores e cada um defende o seu ponto-de-vista. A relatividade entre as pessoas tem gerado caos na face da terra.

 

Deus é absoluto e os Seus valores são princípios sem limites de tempo e espaço. Deus é o mesmo Deus no Brasil como no Japão, no Polo Norte como no Polo Sul. É necessária ajuda do Espírito Santo para conhecer a Deus e para entender os Seus caminhos. O julgamento humano é totalmente fora dos padrões de Deus.

 

Quando é que mais pensamos em justiça? Não é quando sofremos injustiça? A injustiça ofende e machuca, revolta e provoca ira. Causa separação e inimizade. Tudo de ruim. O que fazer?

 

Graças a Deus, Ele julga retamente. Jesus Cristo nos deu o exemplo: “quando o injuriavam, não injuriava e, quando padecia, não ameaçava, mas entregava-se àquele que julga justamente.”  (1 Pedro 2:23)

 

É bem mais fácil esperar em Deus justo e compassivo quando precisamos de justiça, do que fazer a justiça própria. Entendemos melhor o que é justiça quando somos injustiçados, pois a dor é uma lição. Aprenderemos a praticar a justiça através da dor da injustiça e quando corremos a Deus para pedir socorro.

 

Quando socorridos por Deus Pai e cobertos por Sua bondade,  conhecemos realmente o que é justiça. Podemos até aprender de pais e de outras pessoas boas o que seja a justiça, mas a verdadeira justiça aprende-se com Deus.

 

O importante é não viver de ofensas. Muitas vezes temos a oportunidade de aprender diretamente de Jesus Cristo quando nos refugiamos n’Ele. O Seu abraço, a Sua compreensão e o Seu perdão nos enchem de tanta bondade Sua! Nesses momentos, se os nossos corações não estiverem ofendidos, poderemos aprender as ricas lições de Deus. Isso nos capacita a sermos parecidos com Ele.

 

Os frutos de justiça são consequências diretas do convívio com Deus. Justiça a gente aprende com a justiça que preenche a nossa dor da injustiça. Quando corremos para junto do Pai, especialmente em horas de injustiça, e conhecemos a natureza bondosa e santa do nosso Deus, automaticamente amamos a Sua justiça e desejamos praticar a justiça em todo lugar.

 

– Dra. Sarah Hayashi