Posts Categorized: Mensagem da Semana

DEUS PERGUNTA

“Andarão dois juntos, se não houver entre eles acordo? Rugirá o leão no bosque, sem que tenha presa? Levantará o leãozinho no covil a sua voz, se nada tiver apanhado? Cairá a ave no laço em terra, se não houver armadilha para ela? … Falou o Senhor Deus, quem não profetizará?” – Amós 3:3-8

Há uma série de perguntas neste capítulo. São perguntas que instigam o nosso raciocínio a pensar e a meditar. Na verdade, são perguntas que não esperam respostas. É interessante como isso é comum nas Escrituras Sagradas. Deus criou seres inteligentes. A questão é: o quanto o homem usa a sua inteligência? O Senhor Deus deseja interagir conosco, Ele nos ama tanto! A visita da serpente no jardim do Éden fez muito estrago. Fomos roubados de um relacionamento íntimo e prazeroso, de crescimento e satisfação. Como resgatar esse relacionamento? Apenas através de Jesus Cristo, nosso Mediador perfeito, que deu Sua vida e nos religou a Deus como Pai para nós. A vida eterna, que Jesus Cristo nos deu, veio reavivar o nosso espírito mortificado desde que Adão e Eva foram expulsos do jardim do Éden. Somos recebidos na Família de Deus através do preço alto pago na cruz do Calvário. A palavra de Deus nos instiga à pró-atividade. O Espírito Santo nos auxilia e nos capacita a realmente interagir com Deus, dandonos revelações celestiais. Precisamos ser transformados com a renovação de nossa mente (Romanos 12:1,2), se desejamos verdadeiramente saber o que Deus pensa e o que Ele deseja para nós. Nosso destino final é a volta ao plano original de Deus, plano este que existia antes do pecado entrar no homem. Já entendemos quem rouba essa possibilidade, certo? Deus nos chama a clamar por coisas que não sabemos: “Clama a mim, e responder-te-ei e anunciar-te-ei coisas grandes e firmes que não sabes.” (Jeremias 33:3) Mal sabemos o quanto não sabemos. Nem sabemos o que pedir, ou clamar ou perguntar. Sabemos apenas à medida em que caminhamos em concordância com Sua mente e coração. Quanto mais O conhecemos, mais desejamos conhecê-Lo. “Ó profundidade das riquezas, tanto da sabedoria, como da ciência de Deus! Quão insondáveis são os seus juízos, e quão inescrutáveis, os seus caminhos! Porque quem compreendeu o intento do Senhor? Ou quem lhe deu primeiro a ele, para que lhe seja recompensado? Porque dele, e por ele, e para ele são todas as coisas; glória, pois a ele eternamente. Amém!” (Romanos 11:33-36)

Dra. Sarah Hayashi 


PARA QUE SEJAM UM

“Para que todos sejam um como tu, ó Pai, és em mim, e eu em ti; quetambém eles sejam um em nós, para que o mundo creia que me enviaste. … Eu neles, e tu em mim, para que sejam perfeitos em unidade E para que o mundo reconheça que me enviaste e os amaste, assim como me amaste.”- João 17:21-23

Mal sabemos que o mundo depende de nossa unidade para que creia que Jesus Cristo fora enviado por Deus Pai para o resgate de toda humanidade. Se sabemos, por que nos esquecemos disso tão frequentemente? Precisamos do poder dos altos! A maioria das pessoas vive tão envolvida em seus problemas que o seu foco de vida é o bem-estar e o sucesso. É evidente que nesta época Pós-Moderna, as pessoas, de modo geral, estão egoístas e egocêntricas, menos humanas e dirigidas por seus instintos naturais, como animais. Escrito está na Bíblia que os últimos dias seriam dias perigosos e trabalhosos, porque os seres humanos seriam egoístas, avarentos, presunçosos, soberbos, blasfemos, desobedientes a pais e mães, ingratos, profanos, sem afeto natural, irreconciliáveis, caluniadores, incontinentes, cruéis, sem amor para com os bons, traidores, obstinados, orgulhosos, mais amigos dos deleites do que amigos de Deus, tendo aparência de piedade, mas negando a eficácia dela (2 Timóteo 3:1-6). Tudo isso? Sim. Está escrito nas Escrituras Sagradas. Infelizmente, estamos vivendo essa época em que valores estão trocados e a mídia se encarrega de espalhar como fogueira nociva esses valores contrários aos do reino de Deus, o reino celestial. Ao mesmo tempo que nos alegramos que esses sinais apontam para o dia da volta de Jesus Cristo, ficamos estarrecidos diante de tanta distorção da natureza humana que primeiro Deus criou. Vivemos essa dicotomia: a expectativa do fim de toda corrupção com a volta de Jesus Cristo, mas a tristeza da decadência dos humanos. Se realmente soubermos da importância da unidade dos cristãos, começaremos de onde estamos, unindo-nos com cristãos de nosso convívio; isso apenas para começar. Pessoas diferentes se respeitando, valorizando-se mutuamente, ajudando uns aos outros, perdoando uns aos outros … por quê? Porque foi a última oração, último pedido e último desejo do coração de Jesus Cristo, nosso Salvador, Mestre, Redentor e o Príncipe da paz. Você e eu podemos. Somos responsáveis para operar em prol da unidade no espírito. O poder do Espírito Santo nos capacitará. Nossa parte é o perdão gerado pelo amor “agape”.

Dra. Sarah Hayashi 


AMIZADE COM DEUS

“Certamente Senhor Jeová não fará coisa alguma, sem ter revelado o seu segredo aos seus servos, os profetas.”- Amós 3:7

Somos criados à imagem de Deus triuno, como lemos desde o início em Gênesis e um dos aspectos dessa imagem é a sociabilidade. Deus é amigo. Deus ama estar perto e ter comunhão. Ele é Deus de amor e o amor interage em comunicação de respeito e consideração. Desde o início da história da humanidade, Deus se conectou com toda criação. Aliás, a criação toda é reflexo de Sua grandiosidade e criatividade, tendo por base o amor. Assim sendo, Deus tem prazer em estar se comunicando com os Seus filhos. Essa conexão ou comunicação de amor foi interrompida devido à astúcia do satanás, em forma de serpente, enfeitiçando a mulher e fazendo-a desobedecer à ordem de Deus. Todos conhecem essa história. O belo é ver Deus não ter desistido e que até hoje continua restaurando essa conexão. Com certeza, a vitória final será a volta àquele convívio de amor e pureza entre Deus e a humanidade, representada desde o princípio por Adão e Eva e sua descendência. Deus já pagou um alto preço para esse resgate ao enviar o Seu Filho Unigênito Jesus Cristo para derramar o Seu sangue na cruz do Calvário. No Seu plano soberano, Deus já venceu e nós é que temos o privilégio de fazer parte dessa vitória. Um dos aspectos dessa vitória é o acesso que Ele nos deu para sermos participantes de todo Seu plano soberano. Os profetas são aqueles que têm acesso à Sua mente e Seu coração. O coração de servo é o início de ser amigo de Deus. Há níveis de amizade ou de intimidade. Mesmo que esta geração “internet” diga que têm tantos amigos pelo “facebook” ou “instagram” ou que tenha “k”s de “followers”, tal mídia não é prova segura de uma amizade verdadeira. Existem verdadeiros e íntimos amigos quando realmente o relacionamento entre seres humanos for provado nas horas mais críticas. A solidão existe. Amizade verdadeira existe. Deus não mudou e as Escrituras também não mudaram com o tempo. Graças a Deus! Deus não desistiu de procurar os verdadeiros adoradores em verdade e em espírito. A verdadeira amizade existe entre Deus e os profetas. Você deseja ser um entre esses profetas? É só buscar tal intimidade com Ele. Comece sendo um servo fiel. Ele o espera com coração perdoador e amoroso. Depende do quanto você deseja ser fiel e estar bem próximo d’Ele.

Dra. Sarah Hayashi 


FAZE FIRME A TUA VOCAÇÃO

“Portanto, irmãos, procurai fazer cada vez mais firme a vossa vocação e
eleição; porque, fazendo isto, nunca jamais tropeçareis.” – 2 Pedro 1:10

Quem, mais do que o apóstolo Pedro dentre os demais discípulos de Jesus Cristo, teria tanto cuidado em aconselhar os cristãos para não tropeçarem? Através de tantas experiências andando com o Mestre dos mestres, Pedro reconheceu a fragilidade humana. Ele entendeu que não basta apenas querer viver e morrer por Jesus Cristo com base nas emoções. Ele entendeu que temos a nossa parcela de responsabilidade no crescimento na vida cristã ao sermos transformados pelo poder do Espírito Santo. Nada podemos sem o Senhor que nos enviou o Espírito Santo para nos guiar em toda verdade e nos revelar as verdades bíblicas. Pedro foi chamado e escolhido “a dedo” por Jesus Cristo e soube dar muito valor a tal chamado. Na verdade, todos somos chamados para a presença de Deus, mas existem chamados específicos para cada indivíduo, assim como cada pessoa difere de outra. Pode até haver semelhanças, porém Deus não confunde jamais a individualidade e especialidade de cada ser humano, tal
é a Sua sabedoria e onisciência! Não podemos perder de vista o nosso chamado. Há muitos que não acharam o seu chamado e têm uma vida sem entusiasmo. Quando encontramos o chamado divino, todas as nossas forças
e todos os nossos recursos se convergem ao alvo e significado de nossas vidas. Deus nos deu suficientes promessas para que por elas andássemos seguros e frutíferos. O propósito de Deus nos chamar é o Seu desejo de ter-nos de
volta e continuar a Sua história com a humanidade, interrompida pelo pecado da desobediência; mas a cada provação, Deus vai tirando o velho homem e colocando a natureza livre de corrupção. “… nos chamou por sua gloria e virtude, pelas quais ele nos tem dado grandíssimas e preciosas promessas, para que por elas fiqueis participantes da natureza divina, havendo escapado da corrupção …” (2 Pedro 1:3,4). Este chamado e eleição são preciosos e requerem de nossa parte firmeza, diligência, fé, virtude, ciência, temperança, paciência, piedade, fraternidade e … acima de tudo, o amor! Quantas distrações e tribulações podem nos afastar deste tão importante chamado e eleição! Devemos estar diariamente na presença de Deus e alinhados com Seus propósitos verdadeiros. Graças a Deus, temos as Escrituras que iluminam o nosso caminho!

Dra. Sarah Hayashi 


PROCURAI COM DILIGÊNCIA

“Procurai com diligência cada vez maior, confirmar a vossa vocação
e eleição; porquanto, procedendo assim, não tropeçareis em tempo
algum.”- 2 Pedro 2:10

Você já deve ter tido a experiência de tropeçar e cair, ou pelo menos ter tropeçado, e a sensação que temos é comumente uma mistura de susto ou vergonha e decisão que vai ter mais atenção, certo? Jamais é uma sensação de vitória e satisfação. Lembremos, entretanto, que o plano de Deus para nós sempre foi satisfação, prazer e alegria,
porque Ele é bom, justo, sublime e misericordioso e muitas outras demais qualidades maravilhosas, difíceis de descrever. O apóstolo Pedro, que teve o privilégio de conviver com o nosso Senhor Jesus Cristo, aconselha os cristãos a ficarem firmes no chamado e eleição, após anos de experiência permeada de erros e acertos. Pedro foi diligente e perseverou, apesar de seu temperamento impetuoso e inconstante. Ele falhou e também viu um discípulo de Jesus falhar e conheceu a dor do fracasso e da traição. Por isso fala de cátedra sobre perseverança e fidelidade. Ele experimentou a segunda chance. Deus, na Sua bondade e paciência, oferece chances, restituição e perdão. Ele tem poder de fazer todas as coisas novas. Como um coração aberto a aceitar as falhas e tentar melhorar faz diferença! Há alguns que não aceitam conselhos, direções e muito menos repreensões. Todos somos falhos, mas o importante é reconhecer as dificuldades, tentar melhorar e aceitar correções. A Palavra de Deus chama os tais de sábios. Quanto mais entendermos que nascemos com um propósito, mais empenharemos em cumprir nosso destino. Jesus é o exemplo máximo de mestre e pastor, que revelou, e ainda revela pelo Espírito Santo, o valor de cada ser humano, ao ponto de morrer em lugar de cada ser humano. Jesus não morreu por algumas pessoas, mas pelo mundo todo. Deus ama a cada um individualmente e sem exceção. Ele é o Autor da vida. Não importa se você é valorizado u não pela sociedade. Importa que Deus, nosso Criador e Pai, o valoriza e tem expectativa de vê-lo bem sucedido e satisfeito.
Quando nós acertamos e temos vitórias, Deus Se alegra e é essa a alegria que se torna força nossa. Quando nós temos fé n’Ele e confiamos n’Ele, Ele se alegra e nós temos forças para não desistir e alcançar mais vitórias!

Dra. Sarah Hayashi 


COMO SER UMA BÊNÇÃO?

“Não vos lembreis das coisas passadas, nem considereis as antigas. Eis
que farei uma coisa nova, e agora sairá à luz; porventura não a sabereis?
Porei um caminho no ermo, e rios no deserto.”- Isaías 43:18,19

Certo é deixar as coisas resolvidas do passado para trás. Errado é deixar problemas ou situações mal resolvidas que servem de impedimento para uma vida de crescimento sadio e cheia da presença de Deus. O velho rouba o lugar do novo. Os pecados impedem a vida que abre caminhos no ermo e rios no deserto. “Portanto nós também, que estamos rodeados de uma tão grande nuvem de testemunhas, deixemos todo embaraço e o pecado, que tão de perto nos rodeia, e corramos com paciência a carreira que nos está proposta.”- Hebreus 12:1

Nossa fé deve ser ativa e cheia de frutos e para isso, temos que estar sempre inseridos como ramos na videira, que é o nosso Senhor Jesus Cristo. Permanecer em Cristo não é ter uns encontros esporádicos ou raros, mas diariamente estar em íntimo convívio, cheios de gratidão por tudo e em completa confiança e amor por Ele. Somos muitas vezes distraídos por preocupações ou cuidados e sofrimentos por antecipação e nos esquecemos dessas poderosas
promessas de Deus. Ele tem um plano vitorioso e sem perceber vivemos somente na expectativa e não na realidade das verdades bíblicas para o dia chamado hoje. Mesmo que recebamos profecias diversas, devemos nos atentar para o seu cumprimento e para onde o Espírito Santo nos impele com Seu sopro. Não nos esqueçamos de que somos chamados para sermos bênção para levar a vida de Deus por onde quer que andemos. O mundo está sedento da verdadeira água que sacia e o verdadeiro sentido de vida e que lhe mostre o caminho por onde andar. Apontar para Jesus Cristo, o caminho, a verdade e a vida, isso sim é ser uma bênção. Soluções paliativas o mundo com seu avanço
tecnológico até poder oferecer, mas do que todos necessitam é o amor de Deus que traz o motivo de viver. Vamos ativar a nossa fé, fazer obras que comprovem o amor incondicional de Deus e brilhar a luz da glória de Deus! Que as
nossas orações intercessórias produzam mudanças nas pessoas e neste mundo; que impeçamos tudo que se levanta contra os princípios e valores do reino celestial. Levantemos a Cristo e muitos se atrairão a Ele!

Dra. Sarah Hayashi 


ABENÇOAREI … AMALDIÇOAREI

“E abençoarei os que te abençoarem e amaldiçoarei os que te
amaldiçoarem.” – Gênesis 12:3

Esta promessa que Deus deu a Abrão não tem nada a ver com acepção de pessoas e nem com vingança, mas muito a ver com a soberania de Deus que gera o temor de Deus. É bem claro nas Escrituras que Deus é santo, justo, bondoso, misericordioso, onisciente, onipresente e onipotente. Não há outro Deus além deste Deus de Abraão, de Isaque e de Jacó, um Deus que fez a humanidade e a preza com todo amor. Há lugares que Ele nos leva, como filhos amados por Ele; há coisas que Ele compartilha apenas com filhos íntimos como o foram Noé, Abraão, Moisés e outros que se tornaram verdadeiros amigos de Deus. Abraão teve disposição para andar com Deus e até para pagar um alto preço pela amizade que entesourava com Ele. A confiança entre Deus e Abrão foi tamanha que foi chamado amigo de Deus.
Tocar no amigo de Deus era o mesmo que tocar no próprio Deus. Abraão não tinha que se defender de nada e nem de se vingar, pois ele recebera o coração divino: nobreza, realeza, dignidade, perdão, bondade, segurança do seu posicionamento com relação ao Deus Altíssimo Criador e não havia lugar no seu coração para medo, insegurança, vingança ou avareza. Quando nossa posição em Deus como filhos comprados pelo sangue de Seu Filho Jesus Cristo e quando permanecemos enraizados n’Ele, a tendência é sermos mais e mais parecidos com Deus e não precisamos nos preocupar com o que outras pessoas pensam ou falam de nós. Muito pelo contrário, prezamos apenas o
que Deus pensa e faz. A opinião ou o julgamento que pessoas têm a nosso respeito não devem moldar o nosso estilo de vida. Filhos de Deus como Abraão são verdadeiramente filhos que representam Deus aqui na Terra e trazem os valores do reino de Deus onde quer que estejam. Serão os influenciadores que trazem Deus e os céus aqui na Terra e não serão amoldados conforme os valores deste mundo. Estes deixam que Deus reine e julgue, sabendo que Deus é justo e compassivo e que tudo que Ele faz é perfeito e eterno. A confiança em Deus traz paz e segurança e deixa que Ele traga a Sua justiça. A promessa de Deus a Abrão ainda hoje produz temor. Deus é Deus! Nossa parte é obedecer a Deus e deixemos o julgamento para Ele. Nossa parte é brilhar a Sua luz e representá-Lo. Quanto de Deus Triuno temos refletido?

 

Dra. Sarah Hayashi 


FAREI DE TI UMA GRANDE NAÇÃO

“Farei de ti uma grande nação, te abençoarei e engrandecerei teu nome.
Tu serás uma bênção”- Gênesis 12:2

Quando Deus olha para você e para mim, Ele pensa em nações. Nossa cultura brasileira falhou no patriotismo e viveu até hoje o “cada um por si”, uma visão de vida egocêntrica e até egoísta por vezes. Na melhor das hipóteses, pensa em termos de família e em círculo de amigos.

Nossa mentalidade, porém, como cristãos , deve ser divina, de acordo com o coração do nosso Pai celestial, pensar dos céus para baixo e ter um coração alargado e expandido o quanto puder. Deus pensa em humanidade e conta
conosco para afetarmos todas as nações, pois Ele ama a todos e a cada um individualmente. Isso é estupendo! Deus amou o mundo de tal maneira que deu o Seu Filho Unigênito a nós, isto é, toda a
humanidade e o universo, obra de Suas mãos!Deus teve que tirar Abrão de sua própria terra e parentela, a fim de ter uma linhagem que viesse a pensar e agir como Ele. O que nos espanta é que Ele não desiste de extrair de cada nacão e de cada
geração os remanescentes com quem Ele possa se manifestar e revelar o Seu propósito original.Deus quer abençoar a cada um de nós. De que adianta fazermos planos e planos, mirabolantes que sejam, se Ele não aprovar e abençoar? Que coisas são “grandes coisas” para Ele que podemos fazer?Que o nosso modo de pensar e de agir sejam cada vez mais parecidos com os d’Ele. Aprendemos o Seu gosto, o Seu estilo e o Seu agir com a convivência com Ele.
“… tudo declarava em particular aos seus discípulos.” (Marcos 4:34) A humildade nos leva a ficar aos pés de Cristo com a ajuda do Espírito Santo. Já reparou como o i-phone, internet, a mídia, a tecnologia … enfim, nos rouba o tempo de qualidade com o nosso Deus Triuno? São avanços da tecnologia e não há mal nenhum em acessar esses
meios, mas devemos priorizar nosso tempo com o Deus de Abraão, de Isaque e de Jacó.

Dra. Sarah Hayashi 


ABENÇOAR-TE-EI

“Sai-te da tua terra … E far-te-ei uma grande nação, e abençoar-te-ei, …” Gênesis 12:1,2

Novos tempos. Assim como novas são a cada manhã as misericórdias do Senhor (Lamentações de Jeremias 3:22) podemos contar com novas coisas no Senhor. Deus, na Sua eternidade e delidade, sempre terá coisas novas para cada um de nós. Claro que as experiências do passado servem de base para alavancar coisas novas, mas não devemos permanecer nas coisas antigas e passadas. Damos graças a Deus por coisas passadas e ótimas, mas sempre Ele tem coisas novas e excelentes. Deus é eterno e sem m.

Queremos ser sempre um odre novo para Ele derramar e preencher- nos com vinho novo. Há muito vinho novo. Cada dia é novo. Cada ano é novo.

Fome e sede são sinais de saúde. O interessante é que por mais que estejamos satisfeito e fartos, ainda temos sede e fome. Parece contraditório, mas assim funciona com nosso Deus: quanto mais Ele nos enche, mais fome e sede temos. E podemos ter toda a liberdade de vir a todo momento para Ele, pois Ele tem coisas infinitas e variedade de alimento e bebida. Muita criatividade!

Quando Deus chamou a Abrão para um dia ser Abraão, pai de muitas nações, chamou para sair do costumeiro. Ter bons costumes e acostumar-se com hábitos e estilo de vida bons não são um mal, porém, isso pode nos fazer mal com o tempo, pois acabamos nos acostumando com o velho e camos sem apetite. Por isso, é saúde sairmos do costumeiro e partir para o desconhecido.

Deus, na Sua delidade e amor, sempre deseja nos impelir para frente e para cima, fazendo-nos sair do “ótimo” para caminharmos em direção do “excelente”. O maior inimigo do excelente é o ótimo.

Não temos noção da grandeza e do amor de Deus ainda que tenhamos andando com Ele por tantos anos. Nem Matusalém, que viveu 969 anos, deve ter conhecido Deus na Sua totalidade. Somos seres limitados. Só mesmo o Espírito Santo é capaz de nos impelir para mais. Abrão foi abençoado pela obediência. Mal sabia o que o esperava, indo a uma terra desconhecida. Andou pela fé nas palavra do Senhor.

Deus nos chama também. Se você e eu desejamos ser uma bênção, temos que deixar para trás o conhecido e avançar para o novo e desconhecido. Deus sempre tem mais e melhor. As Sua inúmeras promessas nos são su cientes para caminharmos e o Espírito Santo vai nos guiando a cada passo. Este vivi ca as Escrituras e nos revelam as verdades.

Dra. Sarah Hayashi 


ALEGRA-TE, ALTAMENTE FAVORECIDA!

“E, entrando o anjo (Gabriel) aonde ela (Maria) estava, disse: Alegra-te, muito ( altamente) favorecida! … Maria, não temas; porque achaste favor com Deus. … E Ele reinará para sempre sobre a casa de Jacó, e os seu reinado não terá fim.” 

Lucas 1: 28-33 (trad. lit. KJ)

“Deus resiste aos soberbos, e aos humildes concede a sua graça.

1 Pedro 5:5

Deus ama a todos e a cada um. Seu amor é incondicional e tem planos bons para cada ser humano que nasce. Favor é outra coisa. Vai além do amor, resultado de um relacionamento que alguém tem com Ele. Deus é justo. Faz nascer o sol a todos, tanto maus como bons, mas favor é um privilégio incomum e bem pessoal.

De certa forma, Deus esteve observando a Maria por um tempo. Ele esteve procurando um ventre onde geraria o Seu Filho Jesus Cristo para ser encarnado e vestido de humanidade por um tempo (uns 30 anos), a fim de ser o sacrifício único e eterno para tirar o pecado do mundo. Os Seus olhos acharam uma moça, noiva de José, uma mulher temente a Deus, pura e humilde de coração.

Muitos seres humanos entendem “humildade” como pobreza e escassez de educação e de riquezas materiais. Nada disso aos olhos do Deus Altíssimo e verdadeiro. Deus olha o coração e não a aparência. Seus olhos penetram no fundo dos nossos corações. Deus valoriza a simplicidade interior.

Maria foi realmente agraciada! Quando Deus escolhe, está escolhido e não há argumentos contra a soberania de Deus. Que privilégio o da Maria! Seu coração humilde agradou a Deus. Ela deve ter estado em observação do sofrimento de pessoas carentes e desprezadas e a soberba de pessoas ricas na sentido material e em posições de importância na sociedade.

Hoje, após a vitória conquistada no Calvário e ressurreição de Seu Filho Jesus Cristo, Deus uniu em Cristo coisas do alto e da Terra e completa a sua obra (Ef 1:10, Col 1:20). Os humildes de coração podem ter coisas naturais e não serem iludidos ou “engolidos” pela soberba da vida material ou social. Deus está levantando os humildes de coração para trazerem Cristo ressurreto em todas as áreas da sociedade.

Os humildes e puros de coração trarão Jesus Cristo e Seu governo eterno e resgatarão a Terra trazendo o reino de Deus a toda criatura e criação! Tais corações humildes atrairão os olhos de Deus e podem ser altamente agraciados por Ele. Brilharão a luz divina neste mundo que se cobre de trevas. Você também pode ser muito agraciado por Deus e gerar Cristo no seu ventre espiritual e assim expressar o eterno governo do Príncipe da Paz na terra dos viventes.

Dra. Sarah Hayashi