Blog

E VIEMOS ADORÁ-LO

“Tendo Jesus nascido em Belém da Judéia no tempo do rei Herodes,
eis que uns magos vieram do oriente a Jerusalém, e perguntavam:
Onde está o recém-nascido Rei dos judeus?
porque vimos a sua estrela no Oriente, e viemos para adorá-Lo.” – Mateus 2:1,2

Aqueles reis magos eram estudiosos de Astronomia. Dizem que o astrônomo Keppler
(Séc VII) calculou que aquela estrela, em cima da manjedoura de Jesus Cristo, tratava-
se de uma junção dos astros Júpiter e Saturno, mas o certo é que Deus já tinha falado
sobre essa estrela que procederia de Jacó: “uma estrela procederá de Jacó, de Israel
subirá um cetro … (Núm 24:17). Também Isaías profetizou sobre essa luz: “O povo que
andava em trevas, viu grande luz e aos que viviam na região da sombra da morte
resplandeceu-lhes a luz.” ( Isaías 9:2).
Essa luz, ou essa estrela, ainda hoje brilha para iluminar os olhos do nosso
entendimento. Jesus é a luz do mundo e nos guia nos Seus caminhos, tirando-nos das
trevas do entendimento espiritual.
Os sábios ainda procuram o Rei dos reis. É uma grande bênção sermos atraídos a essa
luz, Jesus Cristo. A fome e a sede por mais de Deus é algo que podemos considerar de
grande privilégio. Muitos não têm essa sede e fome. Por quê? Há ainda hoje muitos
“herodes” que pensam ser superiores ao nosso Deus. Esse espírito, ou atitude, de
independência entrou na espécie humana desde o jardim do Éden, onde aconteceu a
queda do homem; entretanto, a luz do Senhor ainda brilha, silenciosa e
poderosamente.
Jesus Cristo nos deixou uma incumbência: “Vós sois a luz do mundo” (Mat 5:14). O
Espírito Santo por Ele prometido já veio e está atuando no meio do povo de Deus.
Nossa parte é assumir o mandato de Cristo e nos posicionar onde a luz seja vista.
Como? Ele também disse como: “Assim brilhe também a vossa luz diante dos homens,
para que vejam as vossas boas obras e glorifiquem a vosso Pai que está nos céus.”
(Mat 5:16)
Mais do que palavras, as obras e atitudes falam mais alto, mesmo que a boca fale “do
que está cheio o coração.” (Mat 12:34 b)
Às vezes falamos muito e fazemos pouco. Deus espera de nós a fé com obras, como
aconteceu com Jesus Cristo. Ele mesmo disse que faríamos obras maiores do que Ele
fez. O Espírito Santo opera através de cada um de nós. Deixemos que Ele brilhe e nos
use para obras de fé.

Dra. Sarah Hayashi 


Post your comment